05/11/2010

Cantina aprovada

Posted in Bares/Restaurantes tagged , , , , , às 4:22 pm por Paula R.


Sabe aquele lugar que seus amigos indicam, mas você vai postergando para conhecê-lo? Com o Pasquale foi assim, sem nenhum motivo específico. Além das inúmeras recomendações, foi eleita a melhor cantina de São Paulo (Comer & Berber 2010, da Veja) e fica pertinho do meu trabalho novo, mas acho que o último incentivo foi ler um post sobre o restaurante no blog do Katsuki.

Há algumas semanas, fui tirar a prova. Chegamos cedo, por volta das 20 horas, e foi fácil achar lugar – quando saímos já tinha fila de espera. Escolhemos uma mesa no andar de cima, mas embaixo há um ambiente externo sob uma parreira que deve ser interessante para os almoços. As paredes são de tijolinhos e a decoração é discreta, nada do charme turístico dos Mancini, a Disneylândia das cantinas, nem do toque decadente de alguns endereços do Bixiga.

O cardápio não é vasto. Não há conchigliones, lasanhas, rondellis ou canelones, mas dá para ser feliz. Pedi um prato de riganoti amatriciana (tomate picado, pancetta, alho, manjericão e pecorino romano). Mas o destaque mesmo são os antepastos. Há inúmeras opções e fica até difícil escolher. Ficamos com um embutido caseiro que lembrava o salame lá de casa, abobrinhas grelhadas, berinjela, azeitonas pretas e três tipos de queijo (o de leite de bufála pastoso era divino!). Tudo regado a um tinto argentino.

Pra fechar, um sorvete de tangerina que estava muito saboroso. Não lembro exatamente o preço de tudo, mas acho que saiu por volta de R$ 75 por pessoa. Se você não bebe, sai mais em conta.

Nota: ouvi dizer que o Pasquale está para mudar de endereço. Quando souber o novo, atualizo aqui.

Serviço:
Pasquale
Rua Amália de Noronha, 167
Pinheiros – São Paulo-SP (metrô Sumaré)
Tel.: (11) 3081-0333
www.pasqualecantina.com.br
Não abre de domingo.

(Foto: Paula R.)

Anúncios

5 Comentários »

  1. Ferclis said,

    Me deu uma fome…..

  2. Samuel Antenor said,

    Que bom que vc gostou!
    O Pasquale sempre foi dos meus prediletos, desde os tempos em que funcionava num endereço mais modesto, na Cônego Eugênio Leite, em Pinheiros, ao lado do falecido Eugênia, pertinho do cemitério. Mas isso são tempos remotos. O Pasquale ganhou cara nova faz já faz uns anos, no endereço da Amália de Noronha, onde reabriu depois de meses e meses fechado. O espaço é tão bom quanto o cardápio, a parreira da entrada é única e as rolhas de vinhos no teto, um charme à parte. Espero que não mude de endereço de novo. Da outra vez que fechou, qdo os fans já lembravam do restô como algo do passado, ele voltou, maior, mais bonito e, fazer o quê, mais caro.
    O Penne al pesto, meu preferido de sempre, continuava impecável, mas dos R$ 8,00 dos tempos em que os cruspianos eram os habitués, passou pra bem mais de R$20,00. Deve estar já por volta dos R$ 30,00.
    Seja como for, minha receita de pesto eu ganhei de presente da Dona Cleide, esposa do Pasquale, com direito a um segredo que deixou o meu molho de manjericão, nozes e pecorino melhor que o deles. Pelo menos na minha opinião…. Fazer o quê? Mas ainda restaram-me os antepastos do Pasquale, sobretudo o Gutemberg. Recomendadíssimo!

  3. Carol said,

    Hummmmmmmmmmmmmm…vou sonhar com esse antepasto hoje!

  4. Priscila Valdes said,

    hummmmmmmmmm deu até água na boca rsrsrs

  5. […] Pasquale: cantina recomendada por um amigo, que atendeu às expectativas. Nada de galo empalhado ou Tarantella e com antepastos por quilo que valem à pena. Mais… […]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: