03/12/2010

Menos é mais

Posted in Sopa de Letrinhas tagged , , , às 10:46 am por Paula R.


Tenho uma novidade para contar. Andei adiando, confesso, por não saber como sairiam as coisas, como isso afetaria o blog, como mudaria minha vida. Agora, com a ideia mais madura e encaminhada, acho que já posso compartilhar: estou fazendo dieta. (Ouço gritos de susto pela blogosfera?)

Pois é, a decisão veio assim, de repente, simplesmente aconteceu. Quem me conhece sabe que não sou ligada a padrões de beleza (nem nunca me encaixaria neles), mas a verdade é que eu estava precisando fazer algo por mim mesma. Sempre convivi com meu peso acima da média, minhas formas arredondadas – ah, o eufemismo! –, mas depois dos 30 parece que alguma coisa muda e o corpo diz “Ei, eu não tenho mais aquele pique, não senhora”.

Na última década, engordei algumas dezenas de quilos e isso, mais do que me fazer perder uns pares de roupas, afetou meus calcanhares, meus joelhos, tirou meu fôlego… Acabei de fazer um novo plano de saúde e pretendo fazer um check up geral, só que, até lá, estou tentando melhorar as coisas de dentro pra fora.

Cheguei a ficar receosa de como isso iria interferir nas minhas descobertas bloguísticas e, para minha felicidade, vi que praticamente nada mudou. Sou contra remédios e dietas radicais – quem usou ambos sabe que são apenas paliativos com prazo de validade –, por isso, preferi adotar a mudança de hábitos. Sem cardápios restritíssimos ou receitinhas milagrosas, simplesmente resolvi escolher melhor o que como. Meu lema agora é: menor quantidade e maior qualidade.

Se vou a uma hamburgueria, peço o lanche só com salada (sem maionese ou bacon); na hora de pedir pizza escolho a de brócolis e não a de calabreza; se bate a vontade de sorvete, troco os de calda de chocolate pelos yogen de iogurte, que são uma delícia. Também adotei umas regrinhas como comer de três em três horas (é incrível como aumentar a quantidade de frutas reduz a necessidade de doces. E sou uma doçólatra assumida, ok?), evitar frituras e álcool. Mas eu disse evitar e não cortar de vez. Isso faz uma diferença incrível na saúde mental da gente.

Resultado até o momento: depois de 40 dias, menos seis quilos. Quem sabe em 2011 não me animo a fazer alguma atividade física para ajudar?

(Img: cartaz do filme Ratatouille)

Anúncios

11 Comentários »

  1. Carol said,

    Olha querida, acho que essa sua atitude é maravilhosa e vai te fazer um bem incrível! Eu também tô precisando maneirar e principalmente começar a fazer uma atividade física.
    Mas tem que vir aquela vontade interna de querer mesmo, como deu em você agora!
    Acho você linda, e agora vai ficar ainda mais!Essa coisa de padrões de beleza´é para aquelas modelos esquálidas que não vivem a vida como nós, ou para quem é esquelético por natureza, que é minoria!
    Bjos e parabéns pela mudança positiva!

  2. Amiga, você tá de parabéns. Eu sei como é complicado emagrecer e como é fácil engordar. Tenho aquela famosa tendência safada! rs.
    E você, só de mudar hábitos e escolher melhor, conseguiu eliminar seis quilos! Está muito no caminho certo. Sem neuras, sem obrigações, mas com consciência e prazer.
    Sabe uma coisa muito bacana? Tire uma foto agora e depois compare com uma quando alcançar seu objetivo. Isso será um troféu e tanto.
    Beijos

  3. Juliana said,

    Paulinha, parabéns!!!
    Tenho certeza de que vai dar super-certo, porque eu também adotei algumas medidas simples que fizeram grande diferença inclusive na minha disposição física. Cortar ou diminuir ao máximo o sal, que me fazia inchar muito (entendeu agora a minha cozinha? rs); diminuir sensivelmente os carboidratos, antes a base da minha dieta, ou substituir por massas integrais sempre que possível; trocar o refri por chás ou água; enfim… com tudo isso, senti uma diferença incrível no meu dia-a-dia, e sem passar vontade de nada. Quando estou a fim, ataco o chocolate mesmo… só não faço mais isso todos os dias, como antes, rs.
    Acho que entender o nosso corpo, e fazê-lo trabalhar a nosso favor, é a melhor forma possível de alcançar a saúde. E você continua linda, viu?

    beijos!
    da Ju

  4. Juliana said,

    PS – e vc tem razão… a gente começa a pensar muito mais nessas coisas depois dos 30, quando aquela pochete na região da cintura (até pra mim, que sempre tive complexo de magreza) começam a se apegar e não saem mais de cena de jeito maneira… rs!

  5. Milena said,

    Pá, parabéns pela iniciativa e pelo resultado já alcançado! Pode acreditar que dá para ser feliz SIM com menos sal, menos açucares e menos gorduras. E dou a maior força também para o projeto “praticar exercícios em 2011”. Você vai ganhar muito mais fôlego e disposição para tudo!
    Beijos, Mi.
    PS: vc sabe que sou sua fã, né?! ; )

  6. Pri said,

    Que lindaaaaaaaaaaaaaa!!!! Adorei saber suas novidades!!! =DD

  7. Tais said,

    Paula querida!

    Parabéns! Não apenas pela iniciativa da dieta, mas por amar (mais) a si mesma e ouvir seu corpo…essa relação com a gente mesma, essa coisa de se ouvir, se tocar, saber nossas características, limites, desejos enfim…a gente se distanciou disso tudo e acreditou que a resposta vem de fora (dos cremes, dos remédios) mas, como vc bem disse, a “mágica” vem de dentro. Há algum tempo tenho praticado isso: ouvir meu corpo e até hoje me surpreendo com as respostas, recados e pedidos que ele me confidencia…vou adorar ser parceira sua nessa; não na dieta, pq senão eu sumo, mas nesse re-descobrir e se curtir….e bora conhecer juntas coisas gostosas, saudáveis e que nos façam felizes!

    Super beijo!

  8. Roberta said,

    Paula, querida, que felicidade eu tive ao ler sua decisão!
    Estou torcendo por você. E se precisar de algumas diquinhas, rs, essa “área verde” eu entendo um pouquinho, rs
    Você ficará mais bem disposta, mais alegre… Será muito bom!
    Agora é só a gente combinar em casa uma MEGA salada ao invés de comida mexicana… rsrs
    Bjão

  9. CaLi said,

    Já falei td pessoalmente, mas só queria deixar registrado q apoio 100% a sua decisão. Vc sabe q praticar exercícios ajuda sim a perder os quilinhos, a dar mais disposição, mais fôlego… e td isso ajuda na saúde (principalmente depois dos 30, 40, 50) e é bom começar o quanto antes para se adaptar. Procure fazer alguma coisa q te de prazer: caminhada, natação, yoga, … qquer um já ajuda e mto.
    te amo sempre

  10. […] quem segue o blog há um certo tempo, lá por outubro do ano passado, comecei a fazer dieta. Nada radical, apenas escolhendo melhor o que como e reduzindo os excessos. E, devagarinho, já […]

  11. […] comecei a fazer dieta, em outubro do ano passado, demorei mais de um mês para escrever um post. Depois de feito, não queria que esse virasse um blog de dieta e pretendia provar para mim mesma […]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: