10/11/2011

De volta a Fortaleza

Posted in Bares/Restaurantes tagged , , , , , , às 4:37 pm por Paula R.

É, a capital cearense ainda não me conquistou pelo estômago. Fui pela segunda vez a trabalho agora e fiquei com a mesma sensação de que a cidade não explora seus dotes gastronômicos para conquistar os visitantes, como fazem Recife, Olinda, Porto de Galinhas, Salvador… Tive dificuldades para encontrar frutas regionais em sucos, caipirinhas ou sorvetes, e até pratos com frutos do mar fresquinhos, por exemplo.

De qualquer modo, sempre há experiências para compartilhar, é claro. Acompanhando as fotos em sentido horário, são elas:

CreParis: sou louca por camarão e a primeira tentativa foi esse crepe num restaurante no térreo do Hotel Praiano, na Beira Mar. O recheio era de camarão com queijos e espinafre. Bom estava, mas faltava “alguma coisa”. Fiquei com a sensação de que o crustáceo era congelado – hipótese reforçada mais tarde por uma amiga, que disse que era época de reprodução e a pesca estava proibida.

Coco Bambu: também na avenida Beira Mar, esse restaurante foi recomendado por amigas, taxistas e outdoors. A casa é toda de madeira, com terraços em dois níveis e interior com decoração de primeira, adega climatizada etc etc. A descrição dos pratos estava bem apetitosa, mas, como não tinha com quem dividir o menu, fiquei nas entradas. Pedi um escondidinho de camarão, que sofreu do mesmo mal do crepe, e um pastel de lagosta aos quatro queijos, que estava uma de-lí-cia – acho que a 1ª vez com uma lagosta a gente nunca esquece! Para acompanhar, caipirinha tropical feita de morango, kiwi e abacaxi, porque as frutas regionais deviam estar de férias. Mais

Cumbuco: essa é aquela típica foto que a gente tira só para mostrar que estava na praia, enquanto os amigos estavam trabalhando. O almoço num complexo bar-restaurante-clube, que se não me engano se chamava “Velas”, foi de iscas de beijupirá e purê de batata. Nada demais, mas a vista…

50 sabores: ah, como eu queria uma sorveteria dessas aqui em São Paulo! Com suas dezenas de sabores regionais, tradicionais e criativos, a pedida é sempre certeira – até sorvete de café arrisquei. Esse aí da foto é de iogurte com fragola de morango, que, imagino, seja um tipo de geleia. Mais

(Fotos: Paula R.)

Anúncios

3 Comentários »

  1. Taís said,

    Na parceria 😉

  2. Fábio said,

    Realmente aqui em Fortaleza a gastronomia é sofrida, vc acredita que aqui conhecido como a terra da carne de sol não tem restaurantes especificos nessa carne? Sem falar que o atendimento é pessimo, a comida deixa muito a desejar mesmo.

  3. Erika said,

    Adorei o teu blog já pelo nome. Ontem mesmo escrevi no meu (que iniciei semana passada) sobre a Ofélia, depois que me perguntaram de onde veio o meu amor pela culinária.

    Só queria fazer um comentário sobre a gastronomia de Fortaleza. Sucos com frutas regionais, vc acharia fácil no Real Sucos. Tomo suco lá desde que nasci, e continuam gostosos e bem feitos.

    Aqui não é conhecido com a terra da carne de sol. Isso é um mérito do Rio Grande do Norte, tendo lá em Mossoró e Natal restaurantes famosíssimos que tem as melhores peças de carne de sol. Aqui tem carne de sol, pq enfim, é típico do nordeste inteiro, mas não somos conhecidos por isso.

    Somos sim, pelos frutos do mar sempre frescos.

    Te sugiro, de uma próxima vez, ir ao restaurante La Marine, pois tem a melhor lagosta gratinada que já comi! E o trio La Marine, com sirigado, camarão e lagosta, tb é excelente!

    Claro que tem lugares que nem deveriam existir, mas isso acontece em todo canto!

    🙂


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: