23/04/2012

Como (não) foi O Mercado

Posted in Por aí tagged , , , , às 11:59 pm por Paula R.


No sábado, saí de casa sem certeza de como seria minha noite, ou melhor, de como começaria, pois o final já tinha destino certo: a feira gastronômica O Mercado. Acabei indo numa festa com amigos e, no meio da madrugada, rumamos para o espaço onde acontecia o evento, entre o restaurante Sal e a Galeria Vermelho.

Apesar de imaginar, não dava para ter certeza de como estariam as coisas até aparecer por lá. Muitas pessoas tinham compartilhado matérias durante a semana e aqui e ali ouvia-se gente combinando de se aventurar pela experiência gastronômica. Por outro lado, havia boatos de que o evento poderia ser cancelado e tinha também a chuva que poderia espantar os menos animados.

Ledo engano. Às 3 da manhã, o lugar estava cheio e a fila de espera seguia pela rua Minas Gerais, dobrando pela Marechal Cordeiro a perder de vista. Não nos restaram dúvidas: esperaríamos a próxima edição.

Mas a vida tem dessas. Desses imprevistos que mudam o rumo das coisas e fazem a gente terminar a programação com uma massa na casa de amigos. Trocamos a fila pelo pesto do Samuel, regado a vinho e música. Excelente! E que o Mercado tenha vida longa e outras iniciativas parecidas pipoquem pela cidade que tem fome (também) de madrugada.

Nota: quando tirei fotos da fila, uma jornalista da Globo me perguntou o motivo do registro. Ela estava com uma ecobag na cabeça, para não molhar o cabelo antes da filmagem, e demorei um pouco para entender que ela não era uma figura noturna perdida por lá. Meu amigo, como morador da região, acabou dando entrevista. Quem quiser ver como era o Mercado lá dentro, é só clicar.

(Fotos: Paula R./ Rafael M.B.)

Anúncios

1 Comentário »

  1. Rafael said,

    Pelo que a matéria mostrou, o espaço era bem pequeno. Realmente não ia dar pra acomodar tudo aquilo de gente. A próxima tem que ser num local aberto e maior.
    Isso se a nossa prefeitura permitir… O que não dá pra esperar muito, diante do histórico de proibições, restrições e conservadorismo dessa administração do Kassab.
    Não sei os pormenores, mas parece que a prefeitura realmente embaçou com esse evento. Ouvi dizer que tiveram que fazer só na parte de dentro do restaurante por causa disso.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: