20/12/2012

Do céu ao inferno

Posted in Bares/Restaurantes tagged , , , , , , , às 2:28 pm por Paula R.

IMG_0618

granmuralla_arequipa1arequipa

Depois de fechar com chave-de-ouro nossa estadia em Cusco, descemos aos porões da gastronomia peruana, quiçá mundial. Foi em Arequipa, no interior do Peru. Chamada de cidade branca por conta do material usado em suas construções, a cidade é rodeada por vulcões e é famosa pela Juanita, a jovem múmia andina, e os passeios para o Vale do Colca, o segundo maior cânion do mundo e lar dos condores gigantes.

Sim, esse é um blog de comida. E, sim, me empolguei nas observações turísticas. Talvez esteja querendo justificar porque fui parar lá. Arequipa tem um bairro de restaurantes chiques, nos arredores da igreja de São Francisco – com filiais do Gastón Arturo e casas com culinárias de outros países, inclusive o Brasil –, mas nosso orçamento mochileiro não permitiu tais regalias.

Chegamos na cidade num domingo e não encontramos quase nada aberto. Perto do bairro onde estávamos hospedados havia uns restaurantes com instalações caseiras, alguns carrinhos de comida de rua  e um ou outro restaurante chinês, conhecidos como “chifas”.

Optamos pelo maior e mais frequentado chifa, chamado La Gran Muralla. Era preciso decidir e pagar o prato antes de sentar. Escolhi um arroz “chaufa”, frito com shoyu, legumes e frango, com uma “wantan” (sopa de macarrão e legumes) de entrada. O preço do deslize: 6 soles/  R$ 5,45.

O salão era enorme e tinha um bom fluxo de pessoal. Algumas moscas nos visitaram enquanto comíamos também. A sopa lembrava comida de hospital, aguada e com o macarrão mole demais, e o chaufa… Ah, o chaufa! Era gorduroso e insosso, com um sabor indescritível, que ainda hoje me dá arrepios só de lembrar.

Comi 1/3 do prato e abandonei. Mesmo com fome, fiquei sem apetite para procurar um novo lugar. À noite, preferimos fazer lanches no albergue. O trauma foi inevitável.

Aviso: a foto do chaufa pode ser visualizada no tamanho original. Pessoas impressionáveis, com problemas cardíacos ou crianças não devem clicar.

Serviço:
La Gran Muralla*
Calle San Juan de Dios, 312 – Int. l1
Cercado – Arequipa
*Segundo o Google, o endereço é esse. Para garantir, melhor evitar qualquer restaurante com esse nome na cidade.

:. Escrito em 9/abril/13. Mais sobre a viagem aqui.

(Fotos: Paula R.)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: