25/03/2013

Moqueca capixaba

Posted in Bares/Restaurantes tagged , , , às 12:15 am por Paula R.

IMG_2715

Pense num site feito com tecnologia muito, muito antiga, aí imagine mais um pouquinho e terá o site dos restaurantes Meaípe, em São Paulo. Fiquei sabendo do lugar no boca a boca e queria ligar para saber o horário de funcionamento de final de semana, por isso encontrei o endereço na internet. O site está com os telefones desatualizados, mas resolvi arriscar mesmo assim.

Fui na unidade da Praça da Árvore, que é um sobrado simples, com paredes brancas e móveis de madeira. Era sábado e esperamos uns 10 minutos para vagar uma mesa. A especialidade da casa são as moquecas à moda capixaba, que não levam leite de coco.

Os preços são camaradas: R$ 20 a de peixe e R$ 47 a de peixe com camarão. Pedimos essa mista e dividimos para duas pessoas; arroz branco e pirão fazem parte do prato. Não é lugar para comemorar datas especiais ou descobrir sabores nunca dantes navegados, mas o Meaípe é uma boa opção para o dia a dia. Comida leve, a preço honesto, com atendimento simpático.

Serviço:
Restaurante Meaípe
Rua Caramuru, 768
Saúde – São Paulo*
* Há unidades em Pinheiro e na região da Av. Paulista.
www.moquecapixaba.com.br

(Foto: Paula R.)

24/03/2013

Saindo do forno

Posted in Por aí tagged , , , , , às 12:57 pm por Paula R.

facebook

Com alguns anos de atraso, o Órfã da Ofélia agora também está no Facebook. A ideia é dar mais agilidade para a troca de notícias e receitas, pois nem sempre consigo escrever sobre tudo de interessante que vejo por aí. Quando tiver acesso à “novidade” chamada celular com  internet, então, será melhor ainda!

Obrigada aos amigos que deram os primeiros “likes”: Claudia R., Juliana W., Elaine C., Thiago G. e Karina F. Coincidentemente, todos já apareceram em “Aventuras gastronômicas” por aqui.

Que o FB ajude a colocar ordem na casa. E eu volte a blogueira de antes. Dia 18 o Órfã completou 4 anos e eu esqueci completamente.

05/03/2013

Imagem do dia

Posted in Por aí tagged , , , às 11:41 am por Paula R.

urucum

E quem disse que São Paulo é só concreto? No domingo, passeando a caminho do restaurante Meaípe – que vai render post em breve – me deparei pela primeira vez com uma árvore de urucum. Logo ali, na rua Caramuru, perto do metrô Praça da Árvore.

Achei tão bonito e engenhoso! Me fez lembrar das pinturas que os índios brasileiros fazem na pele e também de uma cozinheira que botava colorau em tudo na minha infância, mas isso também é assunto para outra história.

(Foto: Paula R.)