28/08/2013

A União faz… açúcar

Posted in Receitas de doces tagged , , às 11:33 pm por Paula R.

Caderno

Ao lado da Ofélia, precursora dos programas de culinária, os livros de receitas da União e do café Pilão eram verdadeiros clássicos dos anos 80 – assim como a piadinha do título. Não lembro exatamente como se fazia para ganhar, mas acho que era preciso reunir algumas embalagens de açúcar e café para fazer a troca.

A surpresa do dia foi descobrir que a União digitalizou os 25 livros de receita que lançou dos anos 60 até hoje e o material está disponível na íntegra nesse link: www.ciauniao.com.br/biblioteca. Muita gente vai viajar no tempo.

(Foto: reprodução do site da União)

Anúncios

16/08/2013

Curso de horta

Posted in Por aí tagged , , , , às 3:24 pm por Paula R.

temperos

Uma das minhas vontades culinárias é ter uma jardineira em casa com temperinhos frescos à mão. Um pouco de manjericão, orégano, alecrim, talvez uma pimenta. Morando em apartamento sem sacada, sempre achei que isso não daria muito certo, mas minha prima arquiteta disse que vai me ajudar com isso. Aguardem.

Por enquanto, só tenho um pé de boldo e, como estou numa fase “sem remédios” desde os tempos da alergia, às vezes recorro a ele para um chá horrível-mas-bom. E como pé de boldo cresce, minha gente!

Se eu morasse em casa com quintal de terra, ia querer plantar mais coisas; morangos como na casa da minha vó, talvez uns tomatinhos e, com certeza, vários pés de frutas – amora, goiaba, pitanga, jabuticaba… Comida assim “orgânica” (acho esse termo engraçado) é mais saudável, mais saborosa, mais econômica. Sem contar que deve ser um pouco terapêutico mexer na terra e cuidar das plantas.

Esse tema acabou virando post porque hoje eu recebi a indicação de um “curso de horta” que está disponível no YouTube, em 10 aulas. As versões que encontrei estavam em espanhol, mas acho que dá para entender – ouvi dizer que há versões com legendas, mas não encontrei. Para quem estiver pensando em se aventurar por esses caminhos vale a pena dar uma olhada.

Numa pesquisa rápida, também vi que a Prefeitura de São Paulo oferece um curso com esse tema aqui. Deve haver muitos outros.

> Confira todos os vídeos aqui.

:. Dica da Carla S. Via Hypeness.

(Foto: autor desconhecido)

12/08/2013

Trooper Ale

Posted in Bebidas tagged , , , , , , às 11:00 pm por Paula R.

IMG_6827

Antes de começar a série de posts das férias, preciso fazer um registro de um dos melhores presentes que ganhei esse ano: a cerveja artesanal Trooper. Lançada em maio pela inglesa Robinsons Brewery, a bebida que leva o nome de um dos clássicos da banda Iron Maiden é uma “premium british beer”. Temos algum nome melhor para isso, amigos cervejeiros?

Com coloração entre o dourado e o castanho, a Trooper é muito saborosa, amarga na medida – para o meu paladar – com um toque cítrico e um aroma de abrir o apetite. Pelo que li, o próprio Bruce Dickinson, vocalista da banda e fã de cervejas ale, participou pessoalmente do processo produtivo.

A Robinsons Brewery é uma cervejaria artesanal de Stockport (ING), fundada em 1838. O casamento entre a cervejaria tradicional e uma das maiores bandas de heavy metal (sou fã?) tinha tudo para dar certo. Nas primeiras oito semanas do lançamento, foram vendidos 20 mil pints (0,5 L) por dia.

Ainda não encontrei para vender em São Paulo – a não ser em pré-venda –, mas tive a sorte de provar uma enviada diretamente de Londres. Isso foi hoje e já não vejo a hora de um novo brinde.

Pra saber mais:

> www.ironmaidenbeer.com
> www.robinsonsbrewery.com

Sobre a música

“The Trooper” é um single do álbum Piece of Mind e retrata o avanço heróico de um cavaleiro britânico contra os russos na Batalha de Balaclava, da Guerra da Criméia (1854). A letra da música foi inspirada em um poema do escritor inglês Alfred Tennyson. História à parte, a canção costuma levar os fãs ao delírio nos shows e ficou imortalizada pelo Eddie vestido de cavaleiro, personagem que ilustra o rótulo da nova cerveja.

Para quem não conhece a música, a performance do Live After Death (1985):

> Mais bebidas inspiradas em bandas aqui, aqui e aqui.

:. Agradecimentos especiais à Claudia R.

(Foto: Paula R.)