17/10/2015

Abrindo os trabalhos

Posted in Pratos/restaurantes tagged , , , , às 4:33 pm por Paula R.

IMG_2410

Era alguém que gostava de comer bem que inventou essa história de iniciar uma refeição com antepastos. Na Itália, as variedades são tão elaboradas que eu poderia viver apenas disso – na verdade, já pensava isso nas cantinas de São Paulo!

Há opções de carnes frias, saladas (inclusive de macarrão), azeitonas, corações de alcachofra, cogumelos, berinjela à parmigiana, mini pizza frita, vegetais empanados, queijos variados, quente e frios, e, claro, os embutidos – o prosciutto crudo, tipo de presunto curado sem cozimento, é mesmo uma coisa divina! Tudo acompanhado de muito pão italiano, que, na Itália, eles chamam apenas de “pão”. (Desculpem, não resisti à piadinha.)

Para ilustrar o post sobre essa maravilha da culinária local, escolhi falar da Osteria San Rocco, na cidadezinha de Frascati, vizinha de Roma. O restaurante tem mesas compridas no meio de uma praça e a gente come vendo os prédios antigos, as árvores e sob a luz amarela dos postes antigos ou dos fios com pequenas lâmpadas, que condizem com meu imaginário sobre estabelecimentos italianos.

Este foi o primeiro dia que saímos para comer e, também, que ficamos assombrados com as enormes quantidades de comida. O prato de antepastos era tão elaborado e saboroso, que eu simplesmente não consegui comer a massa à matricciana que pedi. Até tentei dar umas garfadas, mas, se continuasse, passaria mal. Há tempos não sentia essa sensação de “não consigo ver comida na minha frente”.

A partir desse dia, passamos a pedir antepastos para dividir.

osteria_sanrocco
A mesa charmosa no meio da praça e o prato de massa que eu desperdicei.

Osteria San Rocco

Piazza San Rocco
V. Cadorna – Frascati (ITA)
Site aqui.

(Foto: Paula R.)

08/07/2012

Dia 10*: Antepasto de abobrinha

Posted in Receitas de salgados tagged , , , , às 2:15 pm por Paula R.

:. Fácil – Porção para 8 pessoas

Ingredientes:

2 abobrinhas italianas
2 dentes de alho
Ervas (orégano, salsa, cominho, alecrim)
Pimenta calabresa desidratada
Azeite extra virgem
Sal

Nota: usei um mix de temperos italiano que comprei no Mercadão.

Modo de preparo:

1. Lave e fatie as abobrinhas em rodelas bem finas (entre 1 e 2 mm).
2. Numa panela, refogue o alho picado ou passado no espremedor em um fio de azeite. Quando começar a dourar, acrescente a abobrinha.
3. Adicione duas colheres (café) de sal, um punhado das ervas e uma pitada pimenta.
Nota: o tempero é sempre ao gosto do freguês, mas, na dúvida da quantidade, use menos e depois acrescente mais conforme for experimentando.
4. Adicione fios de azeite sobre todo o conteúdo da panela e mexa bem.
5. Coloque em fogo médio e tampe, mexendo periodicamente até a abobrinha ficar bem mole. Prove para verificar se ficou bom de sal, temperos ou azeite.
Nota: determinei minha medida de azeite quando levantei uma rodela de abobrinha com o garfo e ela estava pingando.

Sugestão: comer frio, com pão italiano.

:. Historinha…

Nossa, como fazia tempo que eu não postava uma receita por aqui! Com a criatividade exigida pela dieta restritiva, essa seção deve se aquecer por esses tempos. Para não recusar o convite de uma amiga, fui jantar na casa dela no final de semana e preparei meus próprios comes. É claro que facilita ter uma certa intimidade com a anfitriã, pois tive total liberdade para fazer suco de laranja e brusquetas de queijo branco e assim pude me divertir com todo mundo. Também levei um antepasto de abobrinha que inventei em casa e deu certo. Como não tenho alternativa de produtos para passar no pão, o doce de banana caseiro e agora esse antepasto estão me salvando a vida.

*Contagem da dieta antialérgica. Mais aqui e aqui.