11/09/2017

Felicidade em dobro

Posted in Receitas de doces tagged , , , , , , às 3:24 pm por Paula R.

brigadeiroduplo_ago17

Alguém mais aqui é apaixonado por brigadeiro? Outro dia fui num aniversário em que usaram forminhas de camafeu para servir os brigadeiros e não consigo ver motivos pra eles não virem sempre assim!

“Gracias totales” à Marina GC, autora do brigadeiro, e à aniversariante Carol R., que proporcionaram esta belezinha. Quando se passa um tempo fora do Brasil, estes momentos são sempre especiais.

> Para quem quiser fugir um pouco da receita tradicional, pode testar a receita brigadeiro de café aqui do blog.

:. Publicado originalmente no Instagram.

19/12/2013

Presentinhos de comer

Posted in Por aí tagged , , , , , às 1:25 pm por Paula R.

lili_2013

Eu estou em meu segundo dia de férias e não tem como não ser engolido pelos preparativos para as festas de fim de ano. É amigo-secreto, happy hour, ceia e um monte de presentes para comprar.

Adoro dar presentes, em qualquer época do ano, mas também sou adepta a trocar itens que não usamos mais (livros já lidos, roupas que nunca serviram…) ou coisas feitas by ourselves. Comidinhas são excelentes opções para agradar os amigos – são um gesto de carinho e podem ajudar a economizar.

Brigadeiros costumam ser meus coringas. É só comprar uma caixinha bonita ou uma marmitinha e encher com os doces. Dá pra reinventar o quitute acrescentando café, licor, amêndoas ou cereja, por exemplo. Brownies, cookies e geleias são outras boas opções.

A ideia para esse post veio do vídeo de fim de ano da Agência You, de um amigo meu, que montou kits bacanas, que incluem biscoitinhos caseiros e torrões de açúcar. Fofo, não?

Para quem não leva muito jeito na cozinha, também pode encontrar biscoitos e outras gostosuras no bazar de natal dO Doce mundo de Lili, que acontece nesse sábado (dia 21), às 10 horas, na rua Jacofer,105, condomínio Bella Vita 1 – Salão Infantil – Bairro do Limão.

(Foto: Lilian Nakashima)

08/09/2012

Doçuras na Benedito

Posted in Bares/Restaurantes tagged , , , , , às 2:50 pm por Paula R.

Passear na Benedito Calixto aos sábados é um dos passeios que me encantam desde que mudei para São Paulo há 11 anos. Tem gente de tudo que é tipo, barraquinhas de tudo quanto é coisa. Tem antiguidades, bijus, máscaras, roupas, coisas para a casa, coisas para dar de presente e se presentear.

É bom para passear com as amigas e colocar o papo em dia enquanto vê coisas bonitas – namorados se cansam rapidamente -, mas nunca tive o costume de comer por lá. Geralmente vou à tarde e já almoçada – ou passo no Caverna Bugre para um filé alpino ou no Degas para um parmegiana -, por isso não enfrentava a muvuca das barraquinhas de comida do centro da praça.

Quem me mostrou que valia a pena foi minha prima Roberta que indicou a barraca de doces do senhor Obeny e sua “querida” Maria Emília. São diversas compotas caseiras de doces, em suas próprias palavras, “brasileiros, como a vovó fazia, sem corantes ou conservantes”. São doces de coco, abóbora, goiaba, de leite, ambrosia, brigadeiro de colher, papo de anjo, baba de moça… enfim, para todos os gostos.

A porção vem num potinho transbordando por R$ 7 e a meia sai por R$ 4, sendo possível pedir dois sabores em qualquer versão. Para comer sozinha, achei melhor a meia porção. Já pedi o de coco queimado e o “espera marido”, que é feito com leite talhado, e provei diversos outros na pazinha. Todos muito bons.

O casal está na praça desde 1982 e quem quiser conhecer um pouco mais pode conferir esse vídeo aqui. Só gostaria de saber se eles participam de alguma outra feira ou se têm uma lojinha durante a semana. Alguém?

Serviço:
Barraca de Doces do Sr. Obeny e D. Maria Emília
Praça Benedito Calixto
(entre a Teodoro Sampaio e a Cardeal Arcoverde, na altura da rua Lisboa)
Tel.: (11) 3845-7073
Funciona aos sábados, das 9h às 18h.

(Foto: Paula R.)

19/07/2012

Três semanas*

Posted in Sopa de Letrinhas tagged , , , , às 2:51 pm por Paula R.

Com a dieta restritiva, os posts apetitosos caíram consideravelmente por aqui. Imaginei que isso fosse inevitável, mas a boa notícia é que já passei da metade do prazo estipulado. Essa terceira semana, entretanto, foi marcada por uma gripe bem chatinha.

Nunca fico doente e há meses tomava complexos vitamínicos para dar uma força para o sistema imunológico, mas tive que parar por conta do tratamento da alergia. Também por causa disso, não posso tomar nenhum remédio, o que me fez enfrentar a gripe na unha. Foi um período de muita dor de garganta, coriza e sinusite, regado apenas a chás e sucos de laranja – só não cheguei a apelar para o clássico chá de alho com limão.

Tendo em mente que minha alimentação anda bem natural, há de se pensar que está sendo totalmente saudável, o que não justificaria a gripe. Porém, por falta de planejamento meu, alguns dias acabo comendo pouco, demorando muito para comer ou mesmo me satisfazendo apenas com pão e queijo branco, o que pode acarretar na falta de nutrientes. Melhorarei.

Não foi das coisas mais fáceis, mas já passou. Talvez o mais difícil que tive que enfrentar até agora foi resistir aos brigadeiros da festa da minha irmã que fui no final de semana. Isso sim foi dolorido.

*Contagem da dieta antialérgica. Mais aqui e aqui.

(Foto: Anya/stock.xchng)

23/05/2011

Criatividade sem limites 2

Posted in Por aí tagged , , , às 11:59 pm por Paula R.

Não acho que seja preciso nenhuma estratégia elaborada para fazer a mulherada cair de amores por um bom brigadeiro, mas propostas bem humoradas são sempre bem-vindas. Ano passado, a primeira casa de brigadeiro gourmet do país, a Maria Brigadeiro, lançou o kit TPM Alívio com oito variedades  do doce para “aqueles dias”. E, hoje, uma amiga me mandou um link com a última novidade, o kit Brigadeiro para Santo Antonio,  “indicado para solteiras”.

Há diversas outras opções de embalagem para presente, com granulados diversos ou para comer de colher. Formada em gastronomia, Juliana Motter inaugurou a casa dedicada ao docinho tipicamente brasileiro há três anos. Sua história, curiosidades e receitas estão nO livro do brigadeiro (Panda Books, 2010).

Apesar do tema fértil, esse post vai ser curtinho, pois nunca li o livro, nem comi os famosos brigadeiros. Alguém se habilita a mudar isso?

> Leia mais sobre o lançamento aqui

Serviço:
Maria Brigadeiro
Rua Capote Valente, 68
Pinheiros – São Paulo-SP
Tel.: (11) 3085-3687
www.mariabrigadeiro.com.br

(Fotos: divulgação)

:. Dica da Paula S.

01/04/2011

Brigadeiro de carne

Posted in Receitas de doces tagged , , , às 10:57 am por Paula R.

:. Fácil – 50 unidades

Ingredientes:
1 lata de leite condensado
1 colher de sopa de margarina (ou azeite)
400 g de carne moída
2 colheres (sopa) de shoyo
3 colheres de sopa de achocolatado em pó
Granulado e/ou alho desidratado
Forminhas de papel

Modo de preparo:
– Leve uma panela média ao fogo e derreta a margarina.
– Acrescente a carne moída e o shoyo e mexa para refogar. Não coloque muito shoyo para não salgar demais.
– Quando a carne começar a verter água, acrescente o leite condensado e o achocolatado. Mexa para misturar bem todos os ingredientes.
– Abaixe o fogo e mexa periodicamente até o ponto de enrolar, ou seja, quando a massa começar a descolar por completo do fundo da panela.
– Deixe esfriar e enrole bolinhas. Para finalizar, passe algumas no granulado e outras no alho desidratado antes de acomodar nas forminhas. Para suavizar o sabor, também é possível misturar o granulado com o alho desidratado em partes iguais antes de enrolar.
– Guarde na geladeira até a hora de servir, pois a carne torna o doce mais perecível.

Dica: a receita também é conhecida como “Churrasquinho de brigadeiro” e pode ser montada com palitos. Veja modelo.

Historinha…

Já deixei registrado aqui minha paixão pela mistura de doce e salgado, pratos agridoces, banana com arroz e feijão, portanto não podia deixar de anotar essa receita. Enquanto não encontro ninguém que traga minhocas desidratadas cobertas com chocolate da China, não vejo a hora de testar o brigadeiro de carne!

:. Receita enviada pela Bozolina

> Veja também: Top 5 – Lançamentos Incríveis

(Foto: reprodução daqui)

25/05/2010

Bolo de chocolate vegan

Posted in Receitas de doces tagged , , , , às 4:19 pm por Paula R.

:. Fácil/Médio – Porção para 8 pessoas

Ingredientes para massa:
3 xícaras de farinha de trigo
2 xícaras de açúcar
6 colheres (sopa ) de chocolate em pó
1 colher (sopa) de fermento em pó
1 colher de chá de sal
¾ de xícara de óleo vegetal
2 colheres de chá de baunilha
2 xícaras de água fria

Modo de preparo:
– Em um recipiente, misture os ingredientes secos e, em seguida, adicione os ingredientes molhados. Misture bem e leve à batedeira por alguns minutos.
– Coloque em forma untada com óleo e farinha e leve ao forno a 180 graus, por aproximadamente 40 minutos (até espetar um palitinho e ele sair seco).

Ingredientes para cobertura:
1 lata de leite condensado de soja
4 colheres de chocolate em pó
100 gramas de chocolate sem leite em barra

Modo de preparo:
– Misture o leite condensado ao chocolate em pó e misture bem.
– Leve ao fogo médio e, quando estiver quente, adicione o chocolate em barra. Misture sempre até ficar com consistência de brigadeiro mole.

Dica: se quiser fazer um bolo mais “incrementado”, faça um recheio com o brigadeiro e adicione uma caixinha de creme de leite de soja. Misture bem até incorporá-lo. Use cookies sem leite em pedacinhos junto ao brigadeiro, umedeça a massa com leite de coco e achocolatado ou vinho do Porto. Cubra com brigadeiro mole, castanha de caju moída, coco ralado ou morangos.

:. Historinha…
Nossa, desde o Dia das Mães que não posto uma receita por aqui! Por isso resolvi roubar essa do Vegetariano come o quê?, que prova que eles não comem só alface. Mesmo pra gente que não é vegan, esse bolo pode ser bem útil naqueles dias em que acabaram ingredientes como ovo e leite ou para quem tem intolerância a algum deles.

13/04/2009

Pavê de Bis

Posted in Receitas de doces tagged , , , às 12:16 am por Paula R.

bis_large

:. Fácil – Porção para até 15 pessoas
:. Receita recomendada pela amiga Carol Garcia

Ingredientes:
2 caixas do chocolate Bis
2 latas de leite condensado
4 colheres de achocolatado em pó
2 colheres de sopa de manteiga
2 latas de creme de leite sem soro
2 litros de sorvete de creme (ou flocos)

Modo de preparo:
– Prepare um brigadeiro mole com a manteiga, o achocolatado e o leite condensando, mexendo em fogo médio.
– Deixe o brigadeiro esfriar e acrescente o creme de leite. Reserve.
– Triture no liquidificador 10 unidades de Bis para transformá-las numa espécie de farofa e reserve. Pique com uma faca o restante e acomode numa travessa de vidro.
– Despeje a mistura do brigadeiro sobre o Bis picado.
– Complete colocando o sorvete.
– Decore com a farofa, cubra a travessa com filme plástico e leve ao freezer para endurecer um pouco antes de servir.

Dica: para fazer uma variação desta receita, troque o Bis por bombom Sonho de Valsa e use o sorvete de mesmo nome, da Kibon, ou de chocolate.

Historinha…
Dando continuidade aos pratos que testei neste feriado de Páscoa, este pavê fez o maior sucesso entre o pessoal da minha família (e foi um dos maiores pecados da Semana Santa). Pena que sobrou um monte e não tinha como trazer sorvete para casa. O “Pavê de Bis da Carol” também já é item essencial nas maratonas de filmes que fazemos com uma turma de amigos. Nunca pode faltar!

pave_blog1

Receita testada em 12/abril/09.

(Foto: Paula R.)