03/06/2016

Bolo de cenoura

Posted in Receitas de doces, Uncategorized tagged , , , , , , , às 1:00 am por Paula R.

IMG_6736

:. Fácil – 20 pedaços

Ingredientes:

MASSA
3 cenouras médias raladas
3 ovos
1/2 xícara (chá) de óleo
1 colher (sopa) de margarina
3 xícaras (chá) de farinha de trigo
2 xícaras (chá) de açúcar
1 colher (sopa) de fermento em pó

COBERTURA
1/3 xícara (chá) de leite
10 colheres (sopa) de achocolatado em pó
8 colheres (sopa) de açúcar
1 colheres (sopa) de margarina

Modo de preparo:

MASSA
– Unte uma forma com margarina, polvilhe com farinha de trigo e reserve.
– Bata todos os ingredientes no liquidificador, exceto a farinha e o fermento.
– Acrescente a farinha aos poucos e continue batendo. Caso o liquidificador não seja muito potente, despeje a massa numa vasilha e misture a farinha com uma espátula.
– Adicione o fermento, mexendo delicadamente com a espátula.
– Coloque a massa na forma untada e leve para assar no forno a 220 graus, por 30 minutos (ou conforme o comportamento do seu forno).
Dica: No final do tempo, teste se a massa está boa espetando um garfo. Se sair limpo, já pode tirar do forno.

COBERTURA
– Coloque todos os ingredientes numa panela e leve ao fogo brando. Mexa até ferver e engrossar um pouco.
– Fure a superfície do bolo com um grafo em alguns pontos aleatórios e despeje a cobertura, ajudando a espalhar com uma colher. Assim que esfriar um pouco, a cobertura ficará durinha.

:. Historinha…
O conceito de “comfort food” está ligado àqueles pratos que nos dão prazer e nos remetem a boas lembranças, a uma época de felicidade e, claro, muitas vezes está ligado à infância. É a típica comida de mãe ou de vó, como na quase clássica cena final do desenho “Ratatouille”, ou mesmo algo reconfortante como um chocolate quente num dia de frio e chuva. Pode ser um prato que alguém prepara quando a gente está doente (ou triste), por isso hoje resolvi arriscar esse bolo de cenoura, para adoçar a tarde da minha mãe, recém-operada . Fazia anos que não me aventurava a preparar um bolo. Fiz a receita seguindo as dicas dela e ficou do jeito que eu queria: fofo e com cobertura que “craquela” levemente quando começa a esfriar. Um clássico do interior.

IMG_6742

 

18/05/2011

Tempero caseiro

Posted in Receitas de salgados tagged , , , , às 11:25 pm por Paula R.


:. Fácil – Porção para aproximadamente 15 dias

Ingredientes:

2 cebolas grandes
6 dentes de alho
1 maço de cheiro verde
1 colher (sopa) de azeite extra-virgem
1 colher (café) de sal
1 recipiente com tampa, limpo e bem seco (de preferência de vidro)

Nota: é possível acrescentar outros temperos à sua escolha como ervas finas, orégano, manjericão e pimenta, entre outros.

Modo de preparo:

– Descasque a cebola e o alho e pique em rodelas ou pedaços.
– Lave o cheiro verde e coloque no liquidificador com a cebola e o alho. Adicione o azeite e o sal.
– Bata até obter uma massa com consistência de tempero. Se as lâminas estiverem batendo com dificuldade, adicionar água aos pouquinhos, tomando cuidado para não deixar  muito líquido.
– Armazenar o creme no recipiente bem fechado com tampa e guardar na geladeira.

Nota: nessa receita, a quantidade de sal é pequena mesmo, apenas para ajudar a conservar o tempero. O sal das receitas deve ser acertado durante seu preparo.

:. Historinha…

Como já falei por aqui, sou adepta do Receita de Casa, mas nunca esqueci do tempero batido que minha avó preparava – na faculdade até ganhei um ou outro vidrinho para levar para a república. Essa semana minha amiga Milena, uma das maiores incentivadoras desse blog, me mandou a receita aí de cima e pretendo testar assim que fizer feira. Além de ser super prático e agradar àqueles que não gostam de mastigar ingredientes como cebola, esse tipo de tempero é mais saudável, pois não tem alto teor de sódio como a maioria dos industrializados.

(Foto: Zsuzsanna Lilian/stock.xchng)

20/04/2011

Apostando no liquidificador

Posted in Por aí tagged , , , , às 12:30 am por Paula R.

Essa semana, o pessoal do trabalho fez uma vaquinha e comprou um liquidificador para incrementar os lanches da tarde. Até o momento, fizemos três receitas – vitamina de maçã com banana, de abacate com banana e suco natural de maracujá – para dar aquela animada no meio da tarde.

Hoje surgiu a dúvida se a novidade iria ou não atrapalhar quem estava de dieta e resolvi pesquisar. Fiz os cálculos por cima do nosso copo de vitamina de abacate (sem açúcar) e o número final girou em torno de 130 calorias – e olha que abacate é bem calórico em relação às outras frutas. Tendo em mente que precisamos nos alimentar de 3 em 3 horas, comer frutas e nosso organismo necessita de cerca de 2 mil calorias por dia (para quem não precisa emagrecer), cheguei à conclusão de que vitaminas são uma boa pedida, não? Para comparar, seguem as calorias aproximadas de alguns alimentos que costumamos recorrer na hora da fome:

  • Coca-Cola (1 lata) = 137 calorias
  • bolacha recheada (1 un.) = 73 calorias
  • pão de queijo (1 un. peq.) = 90 calorias
  • pão francês com margarina = 300 calorias
  • Ana Maria de baunilha = 135 calorias
  • esfiha de carne do Habib’s = 160 calorias

Eu costumo brincar que a gente engorda se come com culpa, mas, brincadeiras à parte, tenho prestado mais atenção ao que como, selecionado a qualidade dos alimentos e o resultado dessa mudança tem me feito bem. E vale registrar que não passo vontade em festinhas ou almoço na casa da mãe: como de tudo, só que em menores quantidades.

Nota: quem souber de receitas que usem no máximo liquidificador e microondas envie para orfadaofelia@yahoo.com.br. Trabalhadores desse Brasil agradecem.

> Há um cálculo mais exato da quantidade de calorias que precisamos consumir, que leva em conta nossa idade, sexo e rotina diária. Para quem tiver interesse, clique aqui.
> Saiba mais sobre as calorias dos pães.

(Foto: reprodução daqui)

12/02/2010

Pão de alho

Posted in Receitas de salgados tagged , , , , às 1:07 pm por Paula R.

:. Fácil – Porção para 8 pães

Ingredientes:
1 copo de leite
2 dentes de alho
Orégano e/ou manjericão
Sal (ou tempero pronto)
Óleo
Pão francês ou de leite

Nota: o creme de alho preparado nesta receita pode ser usado como patê.

Modo de preparo:
– Esquente um copo de leite até ficar morno. Se deixar ferver, é preciso esperar esfriar um pouco.
– No liquidificador, adicione o leite morno, duas pitadas de sal (ou tempero pronto), um pouco de orégano e/ou manjericão e dois dentes de alhos descascados.
– Bata até triturar totalmente o alho e, sem parar de bater, adicione o óleo num fio contínuo até dar ponto de patê.
– Deixe a mistura na geladeira de 30 minutos a 1 hora para ganhar consistência.
– Corte o pão em fatias, porém, mantendo-as unidas pela base. Preencha os cortes com uma quantidade generosa do patê e leve à churrasqueira, num espeto ou grelha, para dourar.

Nota: algumas pessoas costumam polvilhar parmesão ralado sobre os pães antes de levá-los assar. Fica a dica.

Historinha…
Essa é a receita do pão de alho da Clau, minha irmã, que costuma arrasar nos churrascos. Para mim, está entre os melhores, ao lado do servido no Amigos do Picuí. Peguei a receita com ela pela primeira vez para testar, pois o Carnaval está aí e um feriadão combina, quase que religiosamente, com churrasco, não?

(Foto: Alê Paiva/ Stock.xchng)

22/08/2009

Mousse de maracujá (ou limão)

Posted in Receitas de doces tagged , , , às 12:43 pm por Paula R.

maracuja

:. Fácil – Porção para 6 pessoas

Ingredientes:
1 lata de leite condensado
1 lata de creme de leite
¾ de lata de suco concentrado de maracujá
Nota: para fazer o de limão, utilize ½ lata ou menos de limão natural espremido.
Sementes de maracujá ou raspas de chocolate ao leite (opcional)
Nota 2: para a versão de limão, usar raspas da casca da fruta.

Modo de preparo:
– Coloque o leite condensado, o creme de leite e o suco no liquidificador. Bata de 5 a 10 minutos.
– Despeje numa vasilha grande ou em potinhos individuais e leve à geladeira antes de servir.
– Caso queira decorar, utilize as sementes de maracujá ou as raspas de chocolate. Para a outra versão, usar as raspas de limão.

:. Historinha
Essa é uma das melhores receitas para começar a ensinar a criançada a cozinhar, pois não vai ao fogo. Também é a sobremesa ideal para quando a gente não tem muito tempo para se dedicar à parte doce do cardápio. Além de ser uma delícia, é claro.

(Foto: reproduzida do site da rede Hortifruti. Acesse e saiba mais sobre as propriedades da fruta: www.hortifruti.com.br)

09/08/2009

Caçarola italiana

Posted in Receitas de doces tagged , , às 3:13 pm por Paula R.

jetsons

:. Fácil – Porção para 12 pessoas

Ingredientes:
3 xícaras (chá) de leite
4 xícaras (chá) de açúcar
1 colher (sopa) de margarina
6 colheres (sopa) de farinha de trigo
6 colheres (sopa) de queijo ralado
6 colheres (sopa) de coco ralado
5 ovos
1 colher (sopa) de fermento em pó

Modo de preparo:
– Unte uma fôrma de furo no meio com bastante margarina. Polvilhe com farinha e reserve.
Nota: caso tenha dificuldade em desenformar, prefira uma fôrma rasa para cortar diretamente nela.
– Coloque todos os ingredientes no liquidificador. Dê preferência para acrescentá-los na ordem da lista acima.
– Tampe e bata até ficar homogêneo.
– Despeje a massa na fôrma e leve ao forno entre médio e alto. Asse por 45 minutos.
Nota: não há problema em abrir o forno para verificar se o bolo está assado. Caso esteja muito escuro, abaixe o fogo para médio. Espete um palito e, caso saia limpo, já está no ponto.
Nota 2: espere esfriar antes de desenformar.

Historinha…
No Dia dos Pais, aproveito para postar a receita favorita do meu avô e uma das especialidades do meu pai. Apesar de ser fácil de fazer, na minha família, ela costuma ser servida em datas especiais como hoje, aniversários ou fim de ano. A consistência lembra a de um bombocado e derrete na boca.

PS: Também quero homenagear meu amigo Daniel, que se tornou pai ontem e já ganhou o maior dos presentes. Bem-vindo, Francisco!

(Imagem: Os Jetsons, personagens da Hanna e Barbera)

02/04/2009

Torta de liquidificador

Posted in Receitas de salgados tagged , , às 8:10 pm por Paula R.

liquidificador1

:. Fácil – Porção para 5 pessoas

Ingredientes:
1 e 1/2 copo (de requeijão) de farinha de trigo
1 e 1/2 copo de leite
1 ou 2 ovos
1 colher de sopa de margarina
1 colher de sopa de fermento em pó
1 peito de frango
1 lata de milho
1 lata de molho de tomate
3 ou 4 colheres de requeijão
Temperos (alho, cebola, sal…)

Modo de preparo (recheio):
– Cozinhe o peito de frango em água e sal. Se for na panela comum, verifique se está cozido com um garfo; se preferir a panela de pressão, cozinhe por 20 minutos depois que abrir a pressão.
– Desfie o frango com um garfo e refogue com os temperos, acrescentando o milho.
– Acrescente o requeijão e misture. Reserve.

Modo de preparo (torta):
– Unte uma forma retangular média com margarina e polvilhe com farinha. Reserve.
– No liquidificador, coloque o ovo, o leite, a farinha, a margarina, duas colheres de molho e duas pitadas de sal ou tempero pronto. De preferência, colocar os ingredientes líquidos/moles primeiro para facilitar a mistura. Bata até ficar homogêneo.
– Adicione o fermento e bata por pouco tempo.
– Despeje 1/2 da massa na forma, espalhe um pouco de molho com uma colher e acomode o recheio. Cubra com o restante da massa.
– Pré-aqueça o forno por 15 minutos e asse a torta em fogo médio. Leva em torno de 30 minutos, conforme o fogão.
Dica: para testar se está no ponto, espete a torta com um garfo ou palito de dente. Quando este sair limpo, a massa está pronta.

Historinha…
Depois de arroz, ovo mexido e bombocado, a torta de liquidificador foi o próximo prato que aprendi a fazer. É rápida, simples e barata, mas nem por isso é menos gostosa. A graça é que com a mesma massa é possível criar inúmeras receitas substituindo o frango por:
• Presunto e mussarela (fatias)
• Mortadela e queijo minas (cubos)
• Carne moída com seleta de legumes
• Sardinha ou atum com milho e ervilha

Nota: ainda não testei uma versão doce, mas já estou tendo algumas idéias…

(Foto: stock.xchng)