03/06/2016

Bolo de cenoura

Posted in Receitas de doces, Uncategorized tagged , , , , , , , às 1:00 am por Paula R.

IMG_6736

:. Fácil – 20 pedaços

Ingredientes:

MASSA
3 cenouras médias raladas
3 ovos
1/2 xícara (chá) de óleo
1 colher (sopa) de margarina
3 xícaras (chá) de farinha de trigo
2 xícaras (chá) de açúcar
1 colher (sopa) de fermento em pó

COBERTURA
1/3 xícara (chá) de leite
10 colheres (sopa) de achocolatado em pó
8 colheres (sopa) de açúcar
1 colheres (sopa) de margarina

Modo de preparo:

MASSA
– Unte uma forma com margarina, polvilhe com farinha de trigo e reserve.
– Bata todos os ingredientes no liquidificador, exceto a farinha e o fermento.
– Acrescente a farinha aos poucos e continue batendo. Caso o liquidificador não seja muito potente, despeje a massa numa vasilha e misture a farinha com uma espátula.
– Adicione o fermento, mexendo delicadamente com a espátula.
– Coloque a massa na forma untada e leve para assar no forno a 220 graus, por 30 minutos (ou conforme o comportamento do seu forno).
Dica: No final do tempo, teste se a massa está boa espetando um garfo. Se sair limpo, já pode tirar do forno.

COBERTURA
– Coloque todos os ingredientes numa panela e leve ao fogo brando. Mexa até ferver e engrossar um pouco.
– Fure a superfície do bolo com um grafo em alguns pontos aleatórios e despeje a cobertura, ajudando a espalhar com uma colher. Assim que esfriar um pouco, a cobertura ficará durinha.

:. Historinha…
O conceito de “comfort food” está ligado àqueles pratos que nos dão prazer e nos remetem a boas lembranças, a uma época de felicidade e, claro, muitas vezes está ligado à infância. É a típica comida de mãe ou de vó, como na quase clássica cena final do desenho “Ratatouille”, ou mesmo algo reconfortante como um chocolate quente num dia de frio e chuva. Pode ser um prato que alguém prepara quando a gente está doente (ou triste), por isso hoje resolvi arriscar esse bolo de cenoura, para adoçar a tarde da minha mãe, recém-operada . Fazia anos que não me aventurava a preparar um bolo. Fiz a receita seguindo as dicas dela e ficou do jeito que eu queria: fofo e com cobertura que “craquela” levemente quando começa a esfriar. Um clássico do interior.

IMG_6742

 

13/06/2011

Fondue de chocolate

Posted in Receitas de doces tagged , , , , , às 4:34 pm por Paula R.

Fácil – Porção para 8 pessoas

Ingredientes:

500g de chocolate ao leite
100g de chocolate meio amargo
2 caixinhas de creme de leite
5 colheres (sopa) de conhaque
Aparelho de foundue (ou vasilha e panela para banho-maria)

Acompanhamentos:

1 pacote de bolacha wafer picada em três partes
2 cachos de uva rubi
3 caixas de morangos
4 bananas cortadas em rodelas

Modo de preparo:

– Rale ou pique os chocolates.
– Na vasilha de fondue, misture os chocolates e o creme de leite. Ligue o fogo e mexa constantemente – também é possível fazer no fogão, em banho-maria. Verifique se é preciso diminuir a intensidade do fogo para não pegar no fundo.
– Quando o chocolate estiver derretendo, mas com alguns pedaços, acrescente o conhaque e continue mexendo. A mistura estará pronta quando o líquido estiver uniforme.
– Desligue o fogo. Para comer, basta espetar os acompanhamentos na ponta dos garfinhos e molhar no fondue.

:. Historinha…

Há tempos não comia fondue, apesar de gostar bastante. Achava os rodízios caros ou muito lotados e não tinha jogo de fondue – brincava que era por não ter tido “lista de casamento”. Coincidentemente, eu e minha mãe ganhamos aparelhos no início do ano, mas não tínhamos usado ainda. Nesse final de semana, debutamos o dela com uma receita de chocolate inventada a várias mãos, cheia de palpites e espiadas na internet. A coisa é simples e acho que dificilmente dá errado. Provamos até com morango e abacaxi desidratados. Também testamos uma pequena porção com Drambuie, um licor de uísque, no lugar do conhaque e ficou uma delícia!

(Fotos: Paula R.)

03/04/2011

Aniversário do sundae

Posted in Por aí tagged , , , às 5:32 pm por Paula R.

Adoro essas homenagens que o Google faz na sua homepage como a animação do John Lennon e a interativa do Júlio Verne, minhas favoritas dos últimos tempos. Mas como o assunto aqui é comida, destaque para a de hoje, que comemora o aniversário de 119 anos do primeiro sundae. Segundo a Wikipedia, a primeira taça do gênero foi documentada ao meio dia do dia 3 de abril de 1892, em uma sorveteria de Ithaca (EUA).

> Mais sobre o sundae no próprio Google.

01/07/2010

Pudim de café

Posted in Receitas de doces tagged , , , , às 4:07 pm por Paula R.

:. Fácil – Porção para 8 pessoas

Ingredientes:
1 lata de leite condensado
1 lata de café forte (sem açúcar)
2 ovos
2 xícaras de açúcar

Modo de preparo:
– Derreta o açúcar numa panela em fogo médio até ficar amarelinho. Adicione uma xícara de água e deixe até formar calda – vai endurecer no começo, mas não se preocupe, pois depois vai derretendo.
– Despeje a calda na forma para pudim, untando as paredes. Reserve.
– Bata o leite condensado, o café e os ovos no liquidificador. Despeje a mistura na forma caramelada.
– Leve assar em banho maria na boca do fogão em forma própria ou numa forma com água no forno. Para saber o ponto, espete com um palito. Ele deve sair limpo.
– Tire do fogo e deixe esfriar. Leve à geladeira de 2 a 4 horas e desenforme.

:. Historinha…

Essa receita é outra daquelas que me fazem gostar de café, já que o pretinho básico eu não tomo. Ela é fácil de fazer e dá um toque especial ao pudim de leite condensado tradicional. Minha mãe apareceu com essa para adoçar o jogo Brasil x Costa do Marfim e deu certo. Quem sabe não seja uma boa para dar sorte na partida contra a Holanda amanhã?

(Foto: Paula R.)

23/06/2010

Pé-de-moça

Posted in Receitas de doces tagged , , , , às 12:19 am por Paula R.

:. Médio – Porção para 10 pessoas

Ingredientes:
1 pacote de amendoins sem casca
3 xícaras de açúcar
1 lata de leite condensado
Forma untada com margarina

Modo de preparo:
– Leve ao fogo médio uma panela com o amendoim e o açúcar. Mexa constantemente até o açúcar começar a derreter.
– Num primeiro momento, o açúcar pode formar pedrinhas duras, por isso é importante mexer sempre para evitar que forme placas ou grude no fundo. Quando estiver transparente, desligue o fogo.
– Acrescente o leite condensado imediatamente, mexendo sem parar. Assim que estiver bem misturado, leve à forma untada. É bom alguém ajudar nessa hora, ou segurando a panela ou raspando o conteúdo com uma colher.
– Deixe esfriar e corte em quadradinhos.

:.Historinha…

Adoro essa época de festa junina, vinho quente, bolo de fubá, milho verde, paçoquinha. Mas não tem jeito: esse pé-de-moça é meu doce favorito! Nem entendo porque a gente acaba lembrando de fazer só em junho. Quem me ensinou a receita que fotografei foi minha irmã caçula – leitora número 1 desse blog e melhor cozinheira da família da minha geração. É uma versão do tradicional pé-de-moleque que fica irresistível. Boa para o Dia de São João. Boa pra Copa. Boa para o ano todo.

Nota (14/out/10): como mais alguém pode ter a dúvida de uma leitora que acabou de escrever por sua receita não ter dado certo, o pacote de amendoins em questão é de 500g (exemplo). Eu e as pessoas da minha família costumamos usá-lo cru mesmo, pois, durante a fase de derretimento do açúcar, ele acaba cozinhando. Se alguém preferir torrá-lo antes, depois me conte como ficou. Abs!

(Fotos: Paula R.)

29/10/2009

Sobremesa rápida de morango

Posted in Receitas de doces tagged , , , às 5:58 pm por Paula R.

morangos_Rob-Owen-Wahl

:. Fácil – Porção para 5 a 6 pessoas

Ingredientes:
1 caixa de morangos
1 pacote de suspiros pequenos
1 lata de leite condensado
1 lata de creme de leite

Modo de preparo:
– Lave os morangos e corte fora as folhas e cabos. Pique cada morango em 4 partes.
– Numa vasilha, misture o creme de leite e o leite condensado até ficar homogêneo.
– Acrescente os morangos picados e os suspiros. Mexa para misturar. Leve um pouco à geladeira antes de servir.

:. Historinha…
Para mim, receitas rápidas de sobremesas são sempre bem-vindas. Não é todo dia que a gente está a fim de apelar para o pote de sorvete ou a caixa de bombons para servir as visitas. Essa aqui quem me passou foi minha tia Lu, que já tinha passado 7 horas preparando o prato principal de um almoço de domingo – o paranaense barreado, cuja história rende um outro post. deve ficar bom acompanhada de sorvete de creme. Aproveite: não vai nem ao fogo.

(Foto: Rob Owen-Wahl / stock.xchng)

29/04/2009

Sobremesa rápida de banana

Posted in Receitas de doces tagged , às 12:19 am por Paula R.

:. Fácil – Porção individual

Ingredientes:
2 bananas nanicas
2 colheres (sopa) de achocolatado em pó
1 colher (sopa) de margarina

Modo de preparo:
– Leve uma frigideira ao fogo médio e derreta a margarina.
– Acrescente as bananas picadas em rodelas e o achocolatado.
– Mexa até a margarina e o chocolate virarem uma calda. É rápido.

Historinha…
Essa sobremesa é ótima para aproveitar aquelas bananas que estão ficando meio passadas ou para fazer algo gostoso quando não se tem nada em casa, nem ingredientes, nem tempo. Ela faz parte das melhores recordações da minha infância. Adorava quando via minha mãe indo para o fogão com as bananas e a frigideira. O único problema é aguentar esperar esfriar um pouco para não queimar a língua. O ideal é comer morninha.

26/04/2009

Pudim de Baileys

Posted in Receitas de doces tagged , , às 9:39 pm por Paula R.

baileys

:. Fácil – Porção para 12 pessoas
:. Receita recomendada pela blogueira Letícia*

Ingredientes:
Açúcar
1 pacote de gelatina sem sabor
1 lata de creme de leite
1 lata de leite condensado
1 lata de leite
Baileys
Forma de pudim (tamanho padrão)

Modo de preparo:
– Coloque um pouco de açúcar na forma, forrando o fundo “mal forrado”, e leve ao fogo baixo, na menor boca do fogão. O açúcar deve derreter bem devagar para não queimar até se transformar num caramelo claro. Reserve.
Dica: manuseie a forma com uma luva térmica para espalhar o caramelo.
– Ferva 250 ml de água e dissolva a gelatina.
– Bata no liquidificador o creme de leite, leite condensado, leite e a gelatina.
Dica: coloque a gelatina sempre por último, para não grudar na pá do liquidificador.
– Adicione à mistura ½ xícara de chá ou duas doses (com chorinho) de Bailey’s. Bata para misturar.
– Despeje na forma, mirando no meio para que o líquido não caia diretamente sobre o caramelo.
– Tampe com filme transparente e leve à geladeira por seis horas. Se preferir, leve ao freezer por duas a três horas, para transformá-lo num sorvete de pudim.

Dica: para fazer um pudim de Maria Mole, siga a receita acima, substituindo a gelatina e o Baileys por um pacote de Maria Mole dissolvido em 250 ml de água fervente.

:. Historinha
Esta receita aprendi com uma amiga, que nos ofereceu a sobremesa numa noite de caldos na sua casa. O pudim fez tanto sucesso, que vi gente que não gosta muito de doces comer três pedaços seguidos. Testei o prato no feriado de Páscoa, mas só acertei o caramelo na segunda vez; na primeira tentativa, queimou. E, como não tinha Baileys, usei Amarula. Aprovado também!

pudim_baileys2

Receita testada em 11/abril/09.

(Foto: Paula R.)

* Letícia Sallorenzo está a frente do Notas de Beleza e do Mamie Bella (dO Boticário).