30/09/2010

Papel e design

Posted in Por aí tagged , , , às 6:58 pm por Paula R.

Esse café-da-manhã me lembrou umas brincadeiras de criança, como as bonequinhas de papel que trocavam de roupa e as embalagens do mercadinho de brinquedo. As fotos estão no site de uma fotógrafa francesa, Fanette Gilloud, e parecem ser criação de Alexis Facca

Muito boa a ideia de embalagem para sucos de frutas da australiana Yunyeen Yong . Infelizmente, pelo que vi por aí, “Jooze” ainda é apenas uma marca fictícia.

Dá até dó usar os blocos de papel da japonesa D-Bros. O artigo já pode ser comprado no Brasil; por exemplo, nesse site. Será que são perfumados?

> Mais aqui, aqui e aqui

(Fotos: reprodução dos sites)

Anúncios

28/09/2010

Resenha especial

Posted in Sopa de Letrinhas tagged , , , , às 11:48 pm por Paula R.

Por Maria Claudia A. Perassolli

Se você é mãe de primeira viagem não muito amiga das panelas como eu, mas que não quer apelar todo dia para os strogonoffinhos e risotinhos da Nestlé, uma boa saída são as receitas deliciosas e (o principal!) muito fáceis de fazer do livro “A Panela Amarela de Alice”. Escrito pela Tatiana Damberg, blogueira do Mixirica, o livrinho é minha salvação na cozinha para sair do batata-mandioquinha-cenoura e apresentar para o bebê ingredientes como canela, cardamomo e cominho.

Ela conta um pouco da sua experiência de ser mãe e também dá receitas para toda a família – o sanduíche de pernil me deu água na boca. O Francisco me ajuda já que é bom de garfo, mas entre as várias receitinhas que já fiz o mingauzinho de banana, aveia e iogurte é o campeão das sobremesas, e a papinha de batata com carne, cenoura e brócolis também foi aprovada.  O biscoitinho de coçar gengiva é fácil de fazer e, apesar dos pediatras não gostarem muito, ajuda a entreter o bebê.

Nota: Nos últimos anos, houve um verdadeiro baby-boom entre meus amigos, por isso ando rodeada de bebês. Ainda não aderi à moda, mas minha amiga MC tem feito incursões no mundo gastronômico das papinhas há um ano, e, depois que ela comentou sobre o livro da Tatiana Damberg, lhe passei a tarefa de resenhá-lo para o Órfã. E eu sou daquelas que nunca esquece (risos). Recebi o texto há pouco e tenho certeza de que a dica vai ajudar muitas mães. O testador oficial das receitas é o Francisco, meu sobrinho postiço das fotos acima, que, pelo sorrisinho, deve andar bem satisfeito.

(Fotos: acervo pessoal)

27/09/2010

Dos deuses

Posted in Aprovados (ou não) tagged , , , , às 7:23 pm por Paula R.


Não é todo dia que a gente vai pra Itália – eu nunca fui, aliás –, mas se você ou algum amigo for para Turim a Cioccolateria Guido Gobino é parada obrigatória. Ela fica atrás da casa de uma amiga brasileira que se mudou pra lá e foi quem deu a dica para o Rafael, que me trouxe os presentinhos aí da foto. A fábrica de chocolate artesanal foi fundada em 1985.

As bolinhas eram de chocolate amargo recheado com avelãs (ou nozes piemontesas?) e os bombons sortidos. Se eu pudesse comer o de gianduia pelo resto da vida, morreria feliz. A textura é de derreter na boca e o sabor incrível! Já o pote de rótulo preto é uma espécie de “Nutella” feita de gianduia artesanalmente. Dá pra imaginar a delícia? Fiquei apaixonada.

Pena que tudo que é bom dura pouco e agora não faço ideia de quando vou conseguir provar tudo isso de novo. Alguém aí está pensando em ir pra Turim? Marcinha, quando vem nos visitar?

> Conheça todos os produtos e a localização da fábrica no site: http://www.guidogobino.it/

(Fotos: Paula R. + reprodução do site)

26/09/2010

Aventuras gastronômicas nº 32

Posted in Por aí tagged , , , às 11:23 pm por Paula R.


Feijoada na tábua – Porto Alegre (RS) – Taís C. e amigos (2010)

“Gaúcho também faz feijoada… E boa! A Cachaçaria Água Doce faz parte do caminho para minha casa e, sempre que passava por ela, ficava imaginando que tipo de drinks e comidas existiam ali. Até que, neste final de semana, um grupo de amigos me convidou para saborear o almoço de sábado, a tradicional ‘feijoada na tábua’ e qual foi minha grata surpresa ao saber que gaúcho é bom disso também!

Com ambientação que lembra os restaurantes mineiros e um atendimento muito cuidadoso, o restaurante oferece além da feijoada outros pratos típicos como tutu e feijão tropeiro (quero voltar para provar), pururuca e torresmo (servidos em porquinhos de cerâmica – achei meio trash, risos). A caipira com cachaça mineira acompanha o prato (e nos dias de semana é liberada, uhu!), mas existem outras opções como o Água Doce (curaçau blue, leite condensado, creme de leite e mais um segredinho) e kiwi com saquê (também muito bom).

A feijoada na tábua custa R$ 39,00 e serve duas pessoas ou mais (pedimos duas tábuas em cinco pessoas que comem bem e sobrou comida) e as bebidas ficam em torno de R$ 14,00 a R$ 17,00. A dica é reservar mesa com antecedência – o restaurante lota em minutos! –  e deixar a tarde livre. Não dá para comer com pressa nem esperar que depois do almoço você consiga fazer alguma coisa além de deitar de dormir.”

Nota: A Cachaçaria Água Doce já apareceu por aqui. Na época, ainda não existia em São Paulo a filial da Vila Madalena (R. Aspicuelta, 444). A de Porto Alegre, visitada pela Taís, fica na Av. Carlos Gomes, 1581, Três Figueiras. Para conhecer as outras: http://www.aguadoce.com.br/.

23/09/2010

Coisa de mulherzinha

Posted in Por aí tagged , , , às 4:50 pm por Paula R.

Em mais um post na linha “parece, mas não é”, as guloseimas aí de acima não são nada mais do que toalhinhas com embalagens inspiradas. Já tinha visto algumas para vender, mas não tinha fotos para postar até essa semana que uma amiga  passou o link de um blog com vários modelos.

No caso, o blog é o Casamenteiras, que recomenda o artigo como lembrancinha de Chá de Cozinha. Achei a ideia boa, mas também pode ser um presente divertido (o final do ano já tá aí!) ou uma alternativa para cantar parabéns para aquela colega que está de dieta ou não pode comer doces.

Os modelos da foto grande eu vi para vender em lojinhas da Liberdade, aqui em São Paulo, e os da Candy Cake podem ser adquiridos no site Elo7. Mas tenho certeza de que em lojas de presente em geral, papelarias ou na 25 de março dá para encontrar outras opções. Quem for criativo e tiver habilidades manuais, ta´mbém pode tentar fazer em casa.

(Fotos: Beau Cup e Elo7)

21/09/2010

Indiano bom pro bolso

Posted in Bares/Restaurantes tagged , , , às 12:27 pm por Paula R.

Depois de me iniciar no Tandoor, semana passada foi a vez de conhecer o Gopala Hari, na região da Paulista. Há tempos tinha vontade de conhecer o restaurante indiano e minha amiga Eti foi a responsável por atender ao pedido.

Não sei exatamente como funciona à noite, mas, no almoço, a casa oferece dois tipos de combinados por dia da semana, sendo que podemos escolher “meio a meio”. Há ainda duas opções de tamanho: pequena (R$ 15) e grande (R$ 20). Achei a pequena suficiente – a não ser que se esteja com muita fome.

Também escolhi meio a meio para poder provar mais pratos diferentes. O cardápio de quarta-feira era:

Combinado 1 

  • Arroz integral com cubos de abóbora assada e ervas
  • Mung dahl de feijão moyashi
  • Lâminas de batata ao forno com queijo temperado
  • Burger de soja ao pesto de rúcula e nozes

Combinado 2

  • Gada (massa rigatoni recheada ao molho rosè)
  • Lâminas de batata ao forno com queijo temperado
  • Burger de soja ao pesto de rúcula e nozes

Acompanham os combinados uma saladinha, suco à vontade e sobremesa, a qual escolhi uma tortinha de doce de leite – pequena, mas bem boa. Agora quero voltar para conhecer os pratos dos outros dias da semana.

> Conheça o cardápio completo: http://www.gopalahari.com.br/

Serviço:
Gopala Hari
Rua Antônio Carlos, 429
Consolação – São Paulo-SP
(entre Augusta e Haddock)
Tel.: (11) 3283-1292 / 3262-5591

(Fotos: do site do Gopala)

20/09/2010

Arte etílica

Posted in Artes Plásticas, Bebidas tagged , , , , , às 12:33 pm por Paula R.

Tem gente que consegue ver oportunidade de ganhar dinheiro em tudo. O químico americano Lester Hutt, por exemplo, teve uma dessas ideias mirabolantes e criou a empresa BevShots, que fotografa moléculas de bebidas alcoólicas por microscópios e as transforma em quadros.

Gotas da sua bebida favorita (drinques, cervejas, vinhos etc.) são colocadas em lâminas para secar, no Depto de Química da Universidade da Flórida, e depois são fotografadas por uma câmera comum. Há opções de tamanho, formato e material, o que influencia no preço, que varia de US$ 24,99 a US$ 549,00.

Dá pra perder um tempão olhando os modelos no site: http://bevshots.com/. As cores são incríveis e eu fiquei pensando com que estilo de artistas alguns modelos pareciam – na minha imaginação tem Monet, Picasso, Van Gogh, Pollock…


Clique do drinque Piña Colada, feito com abacaxi, coco e rum.


Achei o retrato da cerveja Irish Pale Lager (esq.) meio apocalíptico e a vodka tônica (dir.) com ar psicodélico.


A foto da tequila bem que podia integrar a Semana de Arte Moderna de 1922.

(Fotos: site da BevShot)

15/09/2010

Os melhores da RW

Posted in Bares/Restaurantes tagged , , , , , às 9:47 pm por Paula R.


Nessa edição da Restaurant Week, consegui conhecer cinco novos restaurantes. No geral, gostei de todos e devo voltar, mas resolvi fazer um pequeno ranking dessa experiência – afinal, sou afeita a listas. Os que coloquei mais de uma resposta é porque estavam quase no mesmo nível (os que aparecem primeiro são um pouquinho melhores, é claro).

Melhor entrada:
Tandoor / Crêpe de Paris / Nozuki

Melhor prato principal:
Crêpe de Paris / Nozuki  / Pé de Manga

Melhor sobremesa:
Crêpe de Paris

Melhor apresentação dos pratos:
Nozuki / Crêpe de Paris

Melhor ambiente:
Pé de Manga / Crêpe de Paris

Melhor atendimento:
Crêpe de Paris / Paellas Pepe

Leia mais sobre cada um deles:

> Crêpe de Paris
> Tandoor
> Pé de Manga
> Nozuki
> Paellas Pepe

(Fotos: do site da RW)

14/09/2010

Acredite se quiser

Posted in Aprovados (ou não) tagged , , , às 3:39 pm por Paula R.

Ainda estou pra ver um site (de empresa grande) tão desatualizado quanto o da Kibon. Sempre que vejo uma novidade e quero postar aqui no blog, parece que ela não existe, pois não encontro nenhuma informação/imagem “oficial”. E o detalhe é que a “novidade” parece ser do final de 2008.

Para falar a verdade, nunca tinha me interessado em experimentar o sorvete Mascotes até que um amigo fez questão que eu provasse e me deu um de presente.  Achei uma delícia! E não custa nem R$ 2. A massa do picolé é sabor leite – me lembrou aquela bala de leite Kids da infância – e o recheio é de chocolate mole. Vale provar.

(Foto: do Mundo Marketing, com edição da Taís C.)

13/09/2010

Paella caseira

Posted in Bares/Restaurantes tagged , , , , às 4:34 pm por Paula R.

Há tempos queríamos conhecer o Paellas Pepe, mas nunca dava certo, pois a casa tem uns horários limitados e só aceita reservas. Aproveitamos, então, o último dia da Restaurant Week para experimentar sua famosa paella, que é servida à vontade (num dia normal sai por R$ 39).

O lugar é simples e descontraído; pelo que ouvi dizer, era uma casa mesmo e foi adaptado para virar restaurante. Do cardápio promocional, escolhemos fatias de pão com jamón (presunto cru espanhol) de entrada, a Paella do Pepe (com frango, frutos do mar e legumes) e, de sobremesa, crema catalana – doce da Catalunha, que me lembrou um pouco crème brulée e manjar.

A paella era mesmo boa – pela primeira vez comi lagostins! – e tomamos um vinho espanhol de uvas tempranillas (R$ 37), que combinou muito bem com o menu.

Nota: pelo que me informaram, o restaurante resolveu prorrogar a promoção da RW para estas terça, quarta e quinta-feiras.

> Confira cardápio completo da RW aqui

Serviço:
Paellas Pepe
Rua Bom Pastor , 1660
Ipiranga – São Paulo
Telefone: (11) 3798-7616
www.paellaspepe.com.br

(Fotos: dos sites da casa e da RW/Monica Alves)

Próxima página